Skip to content

Correntes

março 23, 2005

Eu confesso. Já não aguento receber correntes por e-mail. Podem ser lindas, iluminadas, mágicas, abençoadas, santas, infalíveis, ou até mesmo angelicais; eu não quero saber. São chatas, só isso. Não dou a mínima que elas tenham sido seguidas por um John Taylor Hommes do Novo México ou por uma tal de Sophie Jacques, moradora de Bruxelas. Não vai ser seguida por mim e ponto final. Admito que acho muito interessante quando recebo um anjo feito com pontos, vírgulas e parênteses num documento do Word e ao mesmo tempo dizem que a corrente existe há 3 séculos, o que só prova uma de duas coisas. Ou as pessoas são inocentes há 3 séculos ou Bill Gates copiou o Word de uma ideia de algum monge copista que gostava de correntes.
“Coloque um asterisco na frente do seu nome e vamos ver quantas pessoas tem o mesmo nome que o seu”. Será que sou eu o rabugento, ou seria muito pertinente perguntar: “mas pra que”?
Na verdade eu gosto quando as correntes tem promessas: “Mande para os seus amigos e vai ver o que acontece”. Eu pessoalmente devo perder alguns, isso sim é que vai acontecer. Ou então ameaças discretas: “quero receber de volta hein?” O mala mais mala é o que não só manda correntes, como quer continuar a recebê-las ad eternum.
E depois há uma série de objetos escolhidos para dar sorte que não fazem sentido. Eu entendo os anjos da sorte, os santos abençoados, as até as bruxinhas do amor, mas já recebi o “hipopótamo da sorte”, o “monstrinho da sabedoria” e a “girafa mágica”. Preciso comentar? Get a life.
Mas admito que uma das correntes acho bem “paz e amor”. Já recebi algumas vezes e sigo religiosamente. Geralmente após a ladainha de sempre, as correntes têm aquela tabela horrorosa com as pessoas para as quais temos que enviar e os “prêmios” para cada uma. Pois bem, gosto daquelas em que diz: “0 a 5 pessoas – sua vida vai ficar igual”. Isso sim é uma coisa positiva. Não há castigos, não há ressentimentos, apenas paz e amor e a seguinte mensagem embutida: “Não quer enviar para ninguém? Beleza! Você não vai conhecer a Claudia Schiffer, mas também não vai ser atropelado pela caminhão de lixo num dia de chuva”. Passar bem. Obrigado.

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. Guto permalink
    março 23, 2005 2:42 pm

    Caramba.. o final é uma obra-prima da literatura mundial. Até consigo ver a sua cara falando isso… HaHAHAH

  2. Marinho permalink
    março 23, 2005 3:49 pm

    ehhehehe… eu nunca passei alguma adiante. Poucas eu sequer li. Será que deu azar?

  3. FUdge permalink
    março 23, 2005 6:33 pm

    simplesmente odeio

  4. Tita Aragón permalink
    março 24, 2005 4:57 pm

    Girafa Mágica??? What a hell…

  5. Carol permalink
    março 26, 2005 2:31 pm

    A pior corrente que eu ja recebi foi uma me dizendo que, se eu não passasse adiante, eu morria até o final da semana! como nunca passo adiante e que isso foi uns 4 anos atras, a minha dedução é que o poder magico da mensagem devia estar meio gasto. Mas garanto que nunca mais escrevi para o muy amigo que me enviou a corrente!

  6. Igão permalink
    março 28, 2005 4:14 pm

    É, correntes são um saco mesmo! Acho que nunca retransmiti uma sequer. Aliás, poucas eu li, acho que só as primeiras, pra saber do que se tratava, e depois de descbrir que se eu não enviasse a corente pra 12.345 pessoas em uma hora, minha vida seria arruinada, desencanei de vez!! hahaha

    abrasssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: