Skip to content

Citações escritas

março 24, 2005

Hoje cito aqui um trecho do “Vinhas da Ira” do John Steinbeck. Li esse trecho ontem e sem perceber, já tinha relido umas três vezes.

“Porque o homem, ao contrário de qualquer outra coisa orgânica ou inorgânica do universo, cresce para além do seu trabalho, sobe os degraus das suas próprias ideias, emerge acima das próprias realizações. É isto o que se pode dizer sobre o homem. Quando as teorias mudam e caem por terra, quando as escolas filosóficas, quando os caminhos estreitos e obscuros das concepções nacionais religiosas, econômicas, se alargam e se desintegram, o homem arrasta-se para adiante, sempre para frente, muitas vezes cheio de dores, muitas vezes pelo caminho errado. Tendo dado um passo à frente, pode voltar atrás, mas apenas meio passo, nunca o passo todo que já deu. Isto é que se pode dizer do homem: dizer-se e saber-se”.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Tita Aragón permalink
    março 25, 2005 2:00 am

    Uia! As Vinhas da Ira são também da sensatez…

  2. Marcio permalink
    março 26, 2005 2:56 pm

    esse livro é mto baum.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: