Skip to content

Como definir uma milady

novembro 24, 2005

Não me peçam para descrevê-la. Não me peçam para resumi-la em uma frase. Não me peçam para definir a sua essência numa só palavra. Seria o mesmo que prender o amanhã a uma mera data do calendário, o mesmo que tomar uma gota de sal e chamá-la de mar.
Ela não aceita molduras, porque nenhuma é suficientemente bela e nobre para a sua existência mundana e ao mesmo tempo nenhuma é digna de cercar a sua inteligência e beleza desconcertantes. O seu coração precisa de espaço para bater e rebater os desafios da vida.
Já é de manhã, menina!Você abre os olhos e absorve toda a doçura do mundo, mesmo sabendo que as pessoas podem ser amargas. Você teima em fazer feliz todos os que te amam e se nem todos enxergam isso, eu não sei por que. Há muito tempo o mundo está cego para o amor. E o amor não é um ramo de flores vermelhas. O amor não é uma noite escaldante. O amor não é o beijo no banco da praça. O amor é você.
No meio da multidão de cabeças perdidas eu levantei a minha e encontrei o seu sorriso distante, de quem sabe o que é amar. E você me ensina a amar a cada beijo, a cada suspiro silencioso, a cada choro contido, a cada sol nascente com você do meu lado.
E se estas palavras te descrevem, elas não são definitivas. Ninguém resume o mar ou o vento com uma só frase. Na verdade, um arrepio quieto em frente a um quadro de Monet pode ser mais explicativo do que muitos textos.
O que mais te define, menina, é o meu silêncio contemplativo enquanto você dorme, enquanto você vive, enquanto sou seu, enquanto sou eu.

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. bia permalink
    novembro 28, 2005 1:38 am

    Uai! Removeu…?

    Mas \o/ \o/ \o/ \o/
    EEEHHH!!!!!!!!

    Tá… eu sou boba quando se trata dessas coisas. Mas belo, muito belo. Ah… eu vou ler de novo.

  2. Milady Carol permalink
    novembro 28, 2005 8:21 am

    Pois é Bia, removi porque fiquei… sem palavras. Assim, mudinha, ó: …
    Só chorava, porque eu sou assim de boba!

  3. Bia permalink
    novembro 29, 2005 1:09 pm

    boba e amada… \o/ \o/ \o/

  4. Tita Aragón permalink
    novembro 30, 2005 8:17 pm

    Que lindo, que lindo!!! Como deve ser bom amar e ser amada desse jeito! Que lindo!

  5. Clau permalink
    dezembro 7, 2005 11:04 am

    Sabe inveja? Mas aquela que é das boas, que faz você se sentir feliz, muito feliz pela pessoa invejada? Aquela que você pensa, “poxa, fulano merece mesmo, ai eu também queeeero!”? Pois bem. Então acho que eu tô com inveja… Olha, eu queria te agradecer viu? Obrigada, do fundo do meu coração por ter aparecido na vida dessa pessoa que eu amo muito. Se um dia acontecer da gente se separar (físicamente falando, claro), peço que cuide dela, embora eu já saiba que ela estará em boas mãos. Confio em você. Mesmo tendo falado com você uma única vez, sei que posso confiar. Porque? Ora! A flor desabrochou de vez, mais radiante do que nunca! Coisa linda de se ver! Obrigada!!! Já gosto um tantão docê!

  6. Anonymous permalink
    dezembro 7, 2005 11:04 am

    Marcelo, como é bom ter talento com as palavras e conseguir expressar os sentimentos assim … Eu jamais conseguiria dizer o que sinto por essa menina maravilhosa. O amor de vocês me emociona !!! Um beijo. Renata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: