Skip to content

Logo logo viajaremos nus

dezembro 3, 2006

O governo norte-americano, a partir da próxima semana, vai passar a dar uma “nota de risco de terror” a todos os visitantes que entrarem nas fronteiras dos EUA. A classificação, baseada em diversos critérios – a maior parte deles subjetivos – pretende ser um acessório na luta contra o terrorismo internacional.
De acordo com as autoridades norte-americanas, os dados serão guardados por 40 anos e não podem ser acessados pelo cidadão comum e também são protegidos contra o uso indevido. Ou seja, o Governo só os utiliza se quiser, o que no atual estado das coisas pode querer dizer simplesmente tudo, já que as autoridades federais podem partilhar os dados com a polícia estadual e local, governos estrangeiros e poder judiciário.
Segundo a notícia publicada no Times, a nota será dada de acordo com critérios tão díspares como registro de viagens anteriores, país de origem, como a passagem foi comprada, preferências de assento no avião e – pasmem – até a comida escolhida durante o vôo.
Por isso, caros leitores, da próxima vez que forem visitar os EUA, deixem de se preocupar com aquela bobagem menos do visto e passem a pensar no que vão comer a bordo. Nada de quibes, esfihas ou beirutes. Joguem fora a biografia do Marx. Façam uma estampa do Snoopy em cima daquela camiseta surrada com a foto do Che. Escolham um novo doce favorito, já que aquela bomba de chocolate não cai bem. Maldita hora em que te deram aquele disco do Lenine no seu aniversário, isso pode custar a sua visita a NY. Deixem em casa o mp3player fabricado no país líder do eixo do mal. E principalmente, troque de nome, porque homenagem de pai tem hora e chamar Fidel Castro da Silva é um pouco de abuso. Pelo menos de bom gosto.
Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. duende mágico permalink
    dezembro 3, 2006 4:18 pm

    estou mortinho para que chegue essa fase…imagina tudo nu..passa do execesso de controle para o caos num minuto! era lindo..ainda falta muito para lá chegramos?

  2. Mauro Castro permalink
    dezembro 3, 2006 5:05 pm

    Com este meu sobrenome (castro), não devo conseguir nem o visto de turista.
    Há braços!!

  3. Mauro Castro permalink
    dezembro 3, 2006 5:06 pm

    com esse meu sobrenome, não tenho a menor chance na terra do Tio Sam.
    Há braços!!

  4. Milady Carol permalink
    dezembro 3, 2006 5:46 pm

    Ja estou vendo a trilha sonora nos aeroportos/aviões: “Pelado pelado, nu com a mão no bolso!”, “Tudo azul, todo mundo nu”, “Nue au soleil, complètement”, “You can‘t leave your hat on”… 😀

  5. Dalva Maria Ferreira permalink
    dezembro 4, 2006 7:05 pm

    Celinho do céu… que coisa grotesca é a nudez do ser humano. Milênios de tabu fizeram da nossa humilde figura algo cômico e ridículo. Como adorar aquele homem pelado com as canelinhas finiiiiiinhas na fila do vôo para NY? Ou aquela falsa-magra (tipo eu) com a pancinha desabando livre e solta sobre as vergonhas saradinhas? Eu heim?

    Mas vai indo a gente acostuma…

  6. Celinho permalink
    dezembro 5, 2006 12:16 am

    duende mágico,
    Acho que nao falta muito nao.. Mais um atentado ou ameaça e ja inventam uma nova.. :S

    Mauro Castro,
    Xi, vc tinha intenções de visitar o pais da “liberdade”? Vc teria ainda mais historias se dirigisse um yellow cab em NY 😉

    Milady Carol,
    Não imaginava que tinha tanta trilha pra isso..mas realmente so rindo ne amor?

    Dalva,
    Ah, pelo menos o controle seria mais rapido..rs 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: